Uruguai

Fatos e história do Uruguai

Uruguai, país localizado na costa sudeste da América do Sul. O segundo menor país do continente, o Uruguai há muito é ofuscado política e economicamente pelas repúblicas adjacentes do Brasil e da Argentina, com as quais tem muitas semelhanças culturais e históricas. “No mapa, cercado por seus grandes vizinhos, o Uruguai parece minúsculo”, escreve o historiador e romancista Uruguaio contemporâneo Eduardo Galeano. “Mas não realmente. Temos cinco vezes mais terra que a Holanda e cinco vezes menos habitantes. Temos mais terras cultiváveis do que o Japão e uma população quarenta vezes menor.”

Essa combinação de Espaço aberto e baixa densidade populacional proporcionou ao Uruguai muitas oportunidades de desenvolvimento econômico. Um país independente desde 1828, com fortes laços com o Reino Unido, França e Itália, o Uruguai se desenvolveu durante grande parte do século 20 como uma das sociedades mais progressistas da América Latina, notável por sua estabilidade política, legislação social avançada e uma classe média relativamente grande de leis interessantes do Uruguai. Um período de governo militar repressivo (1973-85) lançou uma longa sombra sobre a vida nacional e, como outros países da região, o Uruguai tem se preocupado com o declínio econômico e as lutas de facções nas décadas desde que o governo democrático civil foi restaurado. Tais adversidades fizeram com que muitos Uruguaios emigrassem para a Europa e América do Norte; como Galeano observou: “exportamos nossos jovens.”

Quase metade das pessoas está concentrada na área metropolitana de Montevidéu, a capital; a segunda e terceira maiores cidades, Salto e Paysandú, são pequenas em comparação. De frente para uma baía profunda na foz do rio da Prata, Montevidéu combina áreas históricas com altas torres de escritórios e shopping centers bem equipados. A cidade velha, com seus muitos museus, mercados ao ar livre e restaurantes, continua sendo o coração de Montevidéu e vê milhares de visitantes internacionais a cada ano. Popular como destinos turísticos, também, são resorts de praia, como Piriápolis e Punta del Este, bem como a obra-prima colonial Colonia del Sacramento.

O país em forma de cunha é limitado pelo Brasil ao norte e leste, pelo Oceano Atlântico ao sudeste, e pelo rio da prata ao sul, enquanto o Rio Uruguai serve como sua fronteira ocidental com a Argentina.

A paisagem Uruguaia é amplamente caracterizada por terras suavemente onduladas, com uma altitude média de cerca de 383 pés (117 metros). Lagos de maré e dunas de areia margeiam o litoral. Em outros lugares, existem vales largos, planícies( pampas), planaltos e colinas baixas, e cristas—notadamente Haedo Ridge (Cuchilla de Haedo) no norte e grande Ridge (Cuchilla Grande) no sudeste—que são uma extensão para o sul do Planalto Brasileiro. O Monte Catedral, que sobe para 514 metros perto da costa sudeste, é o ponto mais alto do país. Os vales e planícies costeiras são cobertos com depósitos de areia, argila e aluvião fértil.

Embora seja uma terra bem regada, nenhum grande rio flui inteiramente dentro do Uruguai. O Rio Uruguai e o estuário do rio da prata, ao longo da fronteira oeste da nação, são navegáveis para navios oceânicos até Paysandú e para embarcações menores acima desse ponto até as quedas em Salto. O menor Rio Negro, que atravessa o país de Nordeste a sudoeste, é navegável apenas em sua parte inferior, abaixo do lago Rincón del Bonete (o reservatório do Rio Negro). Entre outros pequenos rios estão o Santa Lucía, Cebollatí e Queguay Grande. A Lagoa Merín (Mirim), que fica principalmente no Brasil, é o maior lago natural.

O Uruguai tem um clima temperado geralmente agradável. A temperatura média para o mês de Inverno de julho varia de 54 °F (12 °C) em Salto, no interior do Norte, a 50 °F (10 ° C) em Montevidéu, no sul. O mês de verão de Janeiro varia de uma média quente de 79 °F (26 °C) em Salto a 72 °F (22 ° C) em Montevidéu. A geada é quase desconhecida ao longo da Costa. O clima de verão e inverno pode variar de dia para dia com a passagem de frentes de tempestade; um vento quente do Norte pode ocasionalmente ser seguido por um vento frio (pampero) dos pampas argentinos.

O Uruguai não tem uma estação decididamente seca nem chuvosa. A precipitação mais intensa ocorre durante os meses de outono (março e abril), embora ocorram chuvas mais frequentes no inverno. A precipitação média anual é geralmente maior que 40 polegadas (1.000 mm), diminuindo com a distância da Costa do mar, e é relativamente uniformemente distribuída ao longo do ano. Tempestades ocorrem com frequência durante o verão.

Pradarias de grama alta já cobriram a maior parte da superfície terrestre do Uruguai, mas agora competem com pastagens fechadas e plantadas. Apenas uma pequena porcentagem da terra é florestada, a maioria das árvores crescendo em trechos estreitos ao longo dos cursos de água. As principais espécies são ombu—uma planta arbustiva, semelhante a árvores—e amieiro. Outros incluem salgueiro, eucalipto, pinheiro, álamo, acácia e aloe. O algaroba (alfarroba) e quebracho (cuja madeira e casca são utilizadas em curtimento e tingimento) são predominantes, e palmeiras indígenas crescem nos vales e ao longo da costa sudeste. Plantas menores comuns incluem mimosa, Murta, alecrim e ceibo de flor escarlate.

Fonte: https://cartanaescola.com.br/